spot_img

Leia a nossa última edição

CRAS Itaipuaçu inicia terapia fonoaudiológica

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Itaipuaçu, equipamento vinculado à Secretaria de Assistência Social de Maricá, iniciou a terapia fonoaudiológica com crianças com Transtornos do Espectro Autista (TEA) e com portadores de Dislalia (distúrbio da fala que se caracteriza pela dificuldade de articulação de palavras, como a troca de letras). A terapia é realizada também nos CRAS São José, Centro e com os assistidos do Serviço de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (SAPAD).

A fonoaudióloga Laise Fontoura explicou que o método aplicado consiste em uma terapia em grupo através do canto e atividades lúdicas para exercitar as vias respiratórias, lingual e labial. “Nosso objetivo é estimular a comunicação oral, em um processo de interação entre outras crianças e os pais”, contou Laise. Os encontros também serão acompanhados pela psicóloga Keila Sousa.

Geisianne Pinoti, de 32 anos, é mãe do Miguel, de 3 anos, e sempre procura atendimento diferenciado para seu filho. “Miguel já é acompanhado pelo SAREM. Fico muito feliz com esta oportunidade de ter esta terapia perto de casa”, disse Geisianne. Juliana da Silva, de 33 anos, concilia sua faculdade de nutrição com as atividades do seu filho Nickolas, de 4 anos. “Acho maravilhoso essa oportunidade do meu filho ter um atendimento tão importante como a fonoaudiologia e ao mesmo tempo interagir com outras crianças”, contou. “As mães também aproveitam para trocar experiências e se distrair”, concluiu Juliana.

CRAS_Itaipuacu_inicia_terapia_fonoaudiologica-110936

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS