spot_img

Leia a nossa última edição

Dia Municipal do Samba é comemorado em Maricá

Comemorado pela primeira vez em Maricá, o Dia Municipal do Samba atraiu sambistas, intérpretes, passistas e amantes do gênero à Praça Tiradentes (Araçatiba), na última quinta-feira, 15/11, dia da Proclamação da República.

Após se divertir com muita música eletrônica e cantores locais como Jô Borges, Wagner Mariano e Rafael Caçula, o público acompanhou um pouco do que as dez escolas de samba da cidade vão apresentar no carnaval de 2019.

Enquanto o samba era apresentado por seus intérpretes, baterias, mestres sala e porta bandeiras, rainhas, musas, madrinhas de bateria e passistas da Herdeiros de Maricá, Flor do Imbassaí, Guerreiros da Amizade,  Acadêmicos do Caxito, GRES Azul e Branco de Maricá,  GRES Tradição de Maricá, Inocentes de Maricá, GRES Unidos do Saco das Flores, Acadêmicos de Araçatiba e União de Maricá mostravam afinidade e samba no pé. No final, uma grande roda com representantes de todas as agremiações se formou.

Durante o evento, certificados de mérito especial pelo Dia Municipal do Samba foram entregues pelas escolas de samba a cinco personalidades por escola. O grupo Casuarina fechou a comemoração com chave de ouro, colocando todo mundo para sambar.

Presidente da Liga das Agremiações Carnavalescas de Maricá (LACAM), Bruno Jorge, mais conhecido como Bruno do Né, falou sobre a importância do evento. “Pela primeira vez, na história de Maricá, o sambista teve a possibilidade de comemorar essa data porque a lei existe desde 2007, 2008, mas não era comemorada. A atual gestão da Prefeitura resolveu nos convidar para organizar essa festa linda social de entretenimento com muita cultura, sambistas e famílias. A partir de agora, vamos comemorar todos os anos com a participação de sambistas do estado e do Brasil inteiro. A possibilidade de aprender com eles e melhorar o que temos aqui, incentiva ainda mais o sambista de Maricá. A palavra certa para avaliarmos essa festa é felicidade. Agradecemos muito ao prefeito por termos realizado um sonho”, declarou satisfeito.

O secretário de Turismo, Robson Dutra também falou sobre a possibilidade de ajudar a realizar o festejo. “A lei é de autoria minha, da época em que era vereador da cidade. Poder colocá-la em prática agora, como secretário, me deixa muito realizado. Ainda mais, porque essa é mais uma festa em que vemos as famílias reunidas ao ar livre, crianças, adultos e idosos todos no mesmo espaço, à beira da lagoa. O comércio está todo satisfeito. Antes mesmo do Grupo Casuarina se apresentar acabaram todos os hambúrgueres dos food trucks aqui presentes. Então, é mais um evento de sucesso”, concluiu.

Personalidades do samba participaram da comemoração. Entre eles um dos maiores intérpretes do Grupo Especial, Edson Feliciano Marcondes, o Nêgo, da Beija Flor de Nilópolis. A musa do Salgueiro Cris Alves também fez bonito e vai repetir a dose em 2019 desfilando numa das escolas de Maricá.

“As pessoas se esquecem que o samba também faz parte da música popular brasileira e merece ser valorizado como tal. Basta olharmos ao nosso redor para vermos como as famílias estão felizes em estar juntas escutando as músicas, dançando e vendo os participantes se apresentarem. Maricá está de parabéns por essa iniciativa e organização”, frisou.

Fotos: Marcos Fabrício

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS