spot_img

Leia a nossa última edição

Mulheres vítimas de violência terão prioridade nos programas habitacionais no Estado

A violência contra a mulher aumentou e os casos que mais chocam hoje são os de estupro coletivo: a cada duas horas e meia, em 2016, uma mulher sofreu esse tipo de violência em algum lugar do Brasil, segundo o Dossiê Mulher 2017. Tanta violência traz consequências sérias para que as vítimas se recuperem e continuem a vida após o trauma. No último ano, houve uma alta de 12,5% em relação ao último levantamento.  Como forma de ajudar as mulheres vítimas da violência no Estado, a deputada Zeidan conseguiu aprovar na  Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, em primeira discussão, o projeto de lei 935, apresentando ainda em 2015, que garante prioridade nos programas habitacionais do estado para mulheres vítimas de violência doméstica, do tráfico de pessoas e exploração sexual.

“Esse projeto é mais importante ainda agora, por que a violência contra a mulher vem aumentando em todo Brasil e também no nosso Estado. Como Presidente da Comissão de Política Urbana, Habitação e Assuntos Fundiários, defendo que essas mulheres sejam inseridas nos programas populares de habitação desenvolvidos no nosso Estado, o que é fundamental para a recuperação dessas nossas vítimas”, afirmou a deputada.

votacao lei prioridade mulheres

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

 

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS