spot_img

Leia a nossa última edição

Reunião com comerciantes explicará novo sistema do Cartão Mumbuca

_DSC0500

A equipe da Secretaria de Economia Solidária e representantes do Banco Periferia visitaram, na manhã desta terça-feira (28/11), os estabelecimentos comerciais do centro da cidade que aceitam pagamentos com o cartão Mumbuca. Os encontros serviram para, além de estreitar o contato com o comércio local, convidar os empreendedores para um encontro que acontecerá no dia quatro de dezembro no Cinema Publico Municipal Henfil às 18h30, onde será apresentado o novo sistema do Cartão Mumbuca e suas facilidades. Uma das novidades do novo sistema é a forma de pagamento aos comerciantes, que será repassado imediatamente após a venda, e não com o prazo de 30 dias como acontece.

O Secretário de Economia Solidária, Diego Zeidan, entregou ao comerciante Luis Fernando Ribeiro, 48 anos, o convite para a reunião.  O secretário explicou alguns pontos do novo sistema e a importância de participar do encontro. Dono de um sacolão, próximo a Praça Orlando de Barros Pimentel, Luis Fernando afirmou que a cerca de dois anos recebe pagamentos através do Cartão Mumbuca e que não ter que esperar 30 dias é animador. “Acho a iniciativa maravilhosa. Há dois anos recebo aqui o Mumbuca. Aumentou muito minhas vendas lamento só não ter colocado aqui antes”, brincou.

 Segundo a Subcoordenadora de Gestão do Banco Periferia, Natália Sciammarrella, grande parte do comércio do centro da cidade já aderiu ao Mumbuca. “Todas as farmácias, por exemplo, aqui do centro aceitam pagamentos pelo Mumbuca”, comentou. De acordo com ela, a tendência é aumentar ainda mais o número de estabelecimentos que irão adotar o Cartão Mumbuca como forma de pagamento, já que não terá mais que aguardar um mês para receber o valor da compra.

O Secretário de Economia Solidária, Diego Zeidan, destaca que o novo sistema vai alavancar ainda mais o comércio local. A tendência, segundo ele, é o dinheiro ficar cada vez mais circulando localmente, gerando cada vez mais oportunidades de novos postos de trabalho e oportunidades de crescimento do pequeno comerciante. “A ideia da Moeda Mumbuca é fazer a economia circular em Maricá e gerar oportunidades de crescimento e estimulo ao comerciante. O novo sistema vai tornar a Moeda Mumbuca ainda mais atrativa. Desta forma vamos ampliar as oportunidades de geração de renda para a população”, afirmou.

Proprietária de um bazar no Centro da Cidade, Camila Figueiredo, 37 anos, é só expectativa. A comerciante afirma que nos primeiros dias do mês o fluxo de compras é tão grande que ela dedica uma atenção especial às compras com o Mumbuca. “Estou muito satisfeita em trabalhar com o Cartão Mumbuca. Acho interessante que as pessoas vêm aqui para comprar produtos realmente úteis. Toalhas, Sombrinhas e sandálias eu vendo bastante. Artigos de papelaria também estão na lista dos mais procurados”, destacou.

Até o dia da reunião, a equipe da Secretaria de Economia Solidária vai visitar o comércio nos cinco distritos que trabalham com a Moeda. Diego Zeidan ressaltou a importância da participação na reunião e da adesão ao Mumbuca.

 

_DSC0485

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS