spot_img

Leia a nossa última edição

Título de posse para moradores de Itaipuaçu

Famílias da comunidade da Praça de Itaipuaçu, receberam os títulos de posse de seus terrenos. Ao todo, cinquenta e uma famílias que esperavam há anos o documento, comemoram a conquista.

A Deputada Estadual Zeidan falou sobre a importância de fazer parte de um projeto de inclusão direcionado para o povo. “Eu estou aqui hoje como presidente da Comissão de Habitação da Alerj, que cuida dos assuntos relacionados a regularização fundiária e isso é importante para nossa cidade porque já conseguimos regularizar e entregar títulos de propriedades em vários lugares de Maricá. Isso é mais que favorecer famílias. É fazer valer o direito de vocês”, relatou.

O prefeito Fabiano Horta destacou que a regularização dos imóveis é o início das melhorias na localidade. “O que está sendo feito aqui é garantia de segurança para as famílias, para as mães, para os pais, filhos e todos que aqui residem. Queremos dialogar com vocês os equipamentos que serão construídos”, afirmou o prefeito.

Ainda segundo ele, a regularização fundiária da casa é mais um direito conquistado e o Brasil não pode retroceder nas conquistas dos Direitos.” É preciso ampliar os direitos e o que a prefeitura de Maricá está fazendo com esse programa em dezenas de bairros da cidade é mudar a vida das pessoas com a conquista de direitos. Habitação é um direito que nós queremos que vocês exerçam”, completou.

De acordo com Rita Rocha, esse é um momento de muita alegria, pois é a primeira comunidade de Itaipuaçu a concluir o processo de regularização fundiária e a receber os títulos de posse. “Para mim é sempre muito gratificante poder levar um pouco de dignidade as pessoas. O sucesso deste projeto é a participação de todos. A próxima comunidade a receber os títulos de posse serão os moradores da Rua Peri, em Itaocaia Valley, também em Itaipuaçu”, adiantou Rita.

Foto: Katito Carvalho

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS