spot_img

Leia a nossa última edição

Marilá

Duelo Viral

Estamos de volta com mais noticias de Marilá, a vila medieval onde qualquer semelhança com a cidade de Cá não passa de mera coincidência.

Marilá e a Terra Brasilis hoje sofrem com uma peste sem precedentes, daquelas que matam como a peste negra, das que te fazem ficar com medo até dos seus vizinhos e das que exigem que todos se tranquem em casa. Por todo o território de Brasilis, corpos se empilham nos cemitérios e o povo, desinformado com a incapacidade do Tirano Tupiniquim de enchergar a realidade dos pobres, algo típico de todo tirano, continua a sair nos becos e vielas dos burgos.

Mas Marilá se diferencia do resto das províncias. Seu líder, Fabianus das Plantas, tem postura clara e absoluta a favor do retiramento individual. Mas não só isso. Nosso burgo tropical, sempre a frente de todos, resolveu ajudar a todos que iriam sofrer danos por seguir as necessárias medidas de retiramento. Começou com os mais necessitados,  seguindo a lógica revolucionária de QuasQuas. Aumentou a renda minima em Mumbucas para os mais pobres. Depois, seguiu ajudando os que perderam sua renda, com a Plataforma de Ajuda aos Tarefeiros de nosso burgo. Ajudou ainda as empresas, pagando parte dos salarios de quem não vendeu nada nesse período. E ainda ajudou com emprestimos a quem precisava de ajuda.

Tudo isso enquanto o Tirano Tupiniquim apenas se faz de sonso e só promete ajudar os grandes nobres que o ajudaram a se manter no poder. Nessa lógica, quem sofre e morre de fome é o pobre, que fica sem salario enquanto as empresas entram em falência e os burgueses ficam sem renda. Mas os privilegiados que sempre mandaram nas terras vivem de suas rendas, vendo as disputas políticas e se divertindo com as mortes de seus subordinados, como se fosse um duelo viral, que cada vez se espalha mais entre seus lacaios.

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS