spot_img

Leia a nossa última edição

Parada LGBTQIA+ agita Centro de Maricá

A Prefeitura de Maricá  encerrou neste domingo (12/11) a primeira edição do Movimento Cultural da Diversidade, que promoveu uma série de debates e eventos voltados para a comunidade LGBTQIA+, com a 9ª Parada do Orgulho LGBTQIA+, que à tarde saiu da Praça Conselheiro Macedo Soares e seguiu pela Rua Ribeiro de Almeida até a Praça Orlando de Barros Pimentel, ambas no Centro da cidade.

A iniciativa foi da Secretaria de Cultura em parceria com as secretarias de Participação Popular e Direitos Humanos, de Assistência Social e de Turismo, com a Coordenadoria LGBTQIA+ e apoio do Centro de Cidadania LGBTI.

Ao final do trajeto, o público se espalhou pela praça e assistiu a apresentações de cantores e DJs no palco montado junto à Casa de Cultura, que recebeu uma iluminação especial para a ocasião. O coordenador LGBTQIA+ da Secretaria de Participação Popular e Direitos Humanos de Maricá, Carlos Alves, afirmou que a parada é um momento de festa, mas também de luta política.

“É um momento político que a Prefeitura apoia, e famílias estão aqui também para apoiar. É isso que queremos, agregar mais pessoas para esta celebração à vida. Para além disso, temos também outras pautas a defender que debatemos aqui, como ações de emprego e educação para nossa comunidade, que ainda tem dificuldade de acesso a esses direitos, embora estejamos conseguindo avançar bastante em Maricá”, observou o coordenador.

Uma dessas famílias que participavam levou também a pequena Malu, de 1 ano e 4 meses. O casal formado pelo jornalista inglês George Powell e pela professora Janaina Trancoso mora no Centro da cidade e disse que apoia a iniciativa. “É importante mostrar que existe um espaço para essa população”, pontuou George, que teve a fala reforçada pela esposa. “Maricá ainda é uma cidade bastante conservadora, o que torna fundamental que os LGBTs tenham um lugar para se mostrar”, afirmou Janaina.

Para o secretário de Cultura de Maricá, Leandro Dasilva, o Movimento Cultural da Diversidade marca o espaço que a comunidade precisa. “A cultura LGBT sempre teve voz e, agora é preciso fortalecer esse lugar de fala que conquistamos, que é o do respeito às diferenças. Hoje fechamos o evento, trazendo esse momento de alegria, que também é importante”, ressaltou.

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img
- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS