spot_img

Leia a nossa última edição

Projeto Papel Verde desenvolve atividade com estudantes de Maricá

DSCN5683

 

A equipe do projeto Papel Verde esteve na Escola Cônego Batalha para realizar a primeira atividade na escola, o que eles chamaram de circuito ecológico. O assunto foi reciclagem.  “Organizamos as crianças em equipes. Todos os alunos tiveram um pouquinho mais de informação sobre reciclagem e puderam fazer anotações sobre o que aprenderam, que irão nos ajudar na elaboração das matérias para a revista”, conta Taiani Dorighetti. Os alunos percorreram a escola para encontrar pelo caminho pontos com os materiais escolhidos, que foram o lixo orgânico, papel, metal, plástico, vidro e também os não-recicláveis. “Em cada parada do circuito houve uma conversa super descontraída para se aprender o tempo de decomposição e o descarte correto de cada material”, complementa Iara Rohan.

O primeiro encontro com os idealizadores do projeto, que aconteceu na última sexta-feira (4), foi aberto para o publico e contou com a visita dos pais dos alunos e dos apoiadores do projeto. “O encontro com as crianças foi um verdadeiro sucesso. Elas estão super empolgadas com as atividades e ansiosas para a confecção da revista”, conta Gabriel Faria.

Sobre o Papel Verde

Alunos da Universidade Anhanguera de Niterói se unem em um projeto para a realização de uma revista sustentável com alunos do 5º ano da Escola Cônego Batalha, da rede municipal de Maricá, que terá como foco principal o meio-ambiente. O projeto Papel Verde acontece durante o mês de agosto e envolve atividades na escola, que aborda temas como ecossistema, reciclagem e sustentabilidade, além de educação, a fim de levar informação para os alunos e para a população local.

O objetivo do Projeto Papel Verde é gerar interesse dos alunos sobre o tema, através da escrita e informação, ressaltando a importância de cuidar do planeta. O projeto também incluirá os alunos no meio digital, implementando computadores com acesso à internet na escola participante, onde alunos participarão também na divulgação de conteúdo sobre sustentabilidade na plataforma on-line do projeto.

Segundo Gabriel Faria, Iara Rohan, Taiane Dorighetti, Luana Felix e Raquel Miranda, integrantes do projeto, as matérias para o site e para a revista impressa, serão desenvolvidas na própria sala de aula. “A gente sugeriu o projeto e a escola nos abriu as portas. Agora esperamos uma boa interação com as crianças para que eles consigam absorver e repassar a importância do assunto à população”, conta Luana Felix, uma das idealizadoras do projeto.

Para Raquel Miranda, outra integrante da equipe, a revista pode mudar a forma como os alunos passarão a enxergar o assunto. “No Cônego [Batalha, escola], tem até uma horta. Os alunos sabem a importância da sustentabilidade, mas agora aprenderão como repassar essa informação para a comunidade”, explica.

O projeto conta com o apoio da diretora do colégio municipal Cônego Batalha, Edina Xavier, da Prefeitura de Maricá, através da Secretaria de Educação, com a secretária Adriana Luiza e a assessora de gestão e projetos federais, Sônia e da Secretaria de Educação Ambiental, com o coordenador Marcos Lacerda e as assessoras Luisa Mesquita e Rayanne Gonzaga.

DSCN5675.JPG

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

 

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS