spot_img

Leia a nossa última edição

Câmara dos Vereadores: aplicativo mostrará em tempo real a localização dos Vermelhinhos

Dr Richard

Em breve passageiros que utilizar os Vermelhinhos em Maricá poderão contar com um aplicativo que informará em tempo real onde estão os coletivos. O app poderá ser baixado no celular. A prefeitura está trabalhando na criação do aplicativo. A ideia é que os passageiros não fiquem por muito tempo aguardando nos pontos de ônibus. A informação partiu do vereador Dr. Richard (PT), após denúncias do vereador Chiquinho (PP) de que crianças estão perdendo aula pela demora do coletivo.

Dr. Richard explicou ainda que buscou informações junto à direção da Empresa Pública de Transporte (EPT) com relação aos horários dos ônibus. Segundo ele, o ouvidor da empresa relatou que estão o itinerário está fixado na rodoviária e que os horários todos readequados, visando não prejudicar a entrada e saída de estudantes nas escolas.

“Fiquei muito preocupado quando soube da denúncia do Chiquinho sobre a ETP. Busquei informações, principalmente junto à Ouvidoria. Fui argumentar sobre o horário e me disseram que estão fixados na rodoviária e que os horários vêm sendo cumpridos. Perguntei sobre os horários escolares e o ouvidor me disse que fizeram modificação para justamente atender a entrada e saúde dos estudantes”, disse Dr. Richard que concluiu dizendo que já foi solicitada a confecção de placas informativas de parada dos coletivos para que não haja atraso nos itinerários. Ele acrescentou que em breve chegarão novos sete Vermelhinhos com 41 vagas para passageiros sentados e 29 em pé para integrar a frota.

Em resposta, Chiquinho afirmou novamente que muitas crianças estão perdendo aula por falta de ônibus.

“Está passando em horário errado, está uma bagunça. Tem criança sem ir à aula. Hoje tinha um ônibus quebrado no Domício da Gama. Tinha mais de 70 pessoas esperando”, argumentou Chiquinho.

Em sua oportunidade à tribuna o vereador Rony Peterson (PR) agradeceu as inúmeras obras feitas prefeitura na área de São José e Marine.

“Em São José com relação à iluminação, é outra realidade. Há uma diferença muito grande. Um bairro mais iluminado é um bairro mais seguro. Quer agradecer pela limpeza no Marine, Loteamento São Francisco, São José. Já podemos ver drenagem e asfaltamento nas ruas. Queria agradecer pela construção da praça de vôlei e futvôlei’.

Aldair explicou que a empresa ganhou a licitação e que a prefeitura não tem culpa das irregularidades.

“Só para deixar esclarecido, quando você vai fazer uma contratação, você faz uma licitação, faz edital publica em jornal de grande circulação e as empresas vêm e entrega sua documentação. Desde que a empresa concorreu à licitação aberta e ganhou a prefeitura não é culpada. Mas concordo que não podemos compactuar com isso. Concordo com romper contrato, mas não vamos culpar a prefeitura por contratar uma empresa que teve problema judicial”, disse Aldair.

O líder do Governo, Fabrício Bittencourt, explicou que é preciso separar as relações entre as empresas e a prefeitura. “Quero responder ao nobre vereador que com relações a nossos prestadores de serviços são relações governamentais e não pessoais. A licitação é aberta, é publicada e em jornais de grande circulação, empresas se qualificam de acordo com as certidões adequadas e uma vence. Haja vista que hoje a prefeitura tem mais de 100 contratos com empresas de diversos locais do Brasil”, disse.

Felipe Auni também opinou explicando que não houve investigação do trabalho da empresa em Maricá. A cidade mais citada foi Campos dos Goytacazes. “Fico triste com o que assisti. Importante dizer que Maricá não foi citada. Eles não vieram a Maricá”.

Aldair de Linda (PT), presidente da Casa Legislativa, explicou que as barreiras estão sendo instaladas apenas em áreas onde há passarelas. “Essa colocação de grade será apenas embaixo da passarela. Realmente para inibir a passagem de pedestre ali. Fora das passarelas essa passagem dá tranquilamente para uma pessoa atravessar. Não passa um carrinho de bebê ou um carrinho de mão. Mas, não consigo acreditar que uma pessoa vai passar ali com um carrinho de bebê”, opinou Aldair.

O líder do Governo, Fabrício Bittencourt (PTB) explicou que é preciso que a população tenha mais responsabilidade no trânsito, principalmente porque a vida é o bem mais precioso. “A vida humana tem que ser prevalecida. Que a pessoa ande um quilômetro para atravessar na passarela, mas que não coloque sua vida em risco”.

O vereador Felipe Auni (PSD), relembrou a campanha pela segurança no trânsito ocorrida em Maricá em maio deste ano. “Estivemos presentes numa campanha de prevenção de acidentes. A conscientização tem que partir de nós. A partir daquele dia muitas coisas que passaram despercebidos, eu passei a me policiar com a isso”.

Rony Peterson aproveitou a discussão para afirmar que já fez uma indicação à prefeitura para que ali, próximo aos condomínios Green Park 2 e 3, seja construída uma passagem para pedestres. Ele terminou afirmando que conhece motociclistas que já morreram em acidentes insistirem em atravessas a pista entre as muretas de proteção da rodovia. Aldair completou explicando que a Prefeitura tem trabalhado para instalar mais passarelas, mesmo não sendo uma atribuição direta do Poder Executivo Municipal.

Ofícios da Prefeitura e Convites – Foram apresentados dois ofícios da prefeitura em resposta a indicações e projetos de lei dos vereadores. A Coordenadoria de Assuntos Religiosos convida a todos para a missa das autoridades em comemoração à Festa da Padroeira do Município que será realizada do dia 15 de agosto, às 9 horas, na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo.

Ordem do Dia – Foi votado e aprovado em segundo turno, projeto de lei nº51/17, do vereador Fabrício Bittencourt, que denomina a Avenida Vereadora Consuelo Tarquínio Duque, em Ponta Grossa. Também foi votado PL, de autoria do vereador, Bidi, que denomina a atual Rua 6, em Araçatiba, como Rua Caibar de Souza Schutel.

Também foi votado e aprovado em primeiro turno o projeto de lei nº101, que solicita a contratação de pessoal, por prazo determinado, para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público para os quadros de proteção básica, especial e demais serviços da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Fabrício Bittencourt

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS