spot_img

Leia a nossa última edição

Clicloturistas visitam a Fazenda Itaocaia

 

 

DSC06761Um grupo de 11 ciclistas noruegueses esteve na Fazenda Itaocaia na manhã desta segunda-feira. Eles percorreram uma parte da Rota Charles Darwin em Maricá e conheceram um pouco da história da fazenda.  Após a visita à fazenda, os cicloturistas pedalaram pelo Caminho de Darwin, que atravessa o Parque Estadual da Serra da Tiririca(PESET), na direção de Niterói, onde fizeram um pic-nic.

Eles saíram de Copacabana e foram até Charitas em Niterói. De Charitas vieram para Maricá. Após conhecerem a fazenda e fazer a subida, e seguiram em direção ao canal de Itaipu onde pedalam para o hotel em Charitas

Essa não é a primeira vez que cicloturistas internacionais visitam a Fazenda Itaocaia. Há mais de dez anos e sempre que possível Maricá é incluída no roteiro. A beleza cênica ao longo da Rota Charles Darwin é excepcional, especialmente ao longo da restinga (APA Maricá). Pedalar com o mar, a lagoa, a serra e o céu à vista é um espetáculo ímpar. Maricá, além dos atrativos naturais, tem uma vocação ciclística importante, em vista do relevo plano na maior parte do município. Maricá também se destaca na modalidade “mountain bike”, nas  áreas montanhosas.

Em vista desta vocação, o município deve incrementar suas ações e políticas de ciclo mobilidade, assegurando a vanguarda administrativa voltada ao transporte público alternativo e sustentável, ao mesmo tempo em que estimula atividades turísticas.

Ligando Niterói a Búzios, a Rota Charles Darwin vem atraindo cada vez mais cicloturistas. Em Maricá a Rota possui mais de 40 km, trajeto que se inicia em Itaocaia ( no contexto do PESET, próximo à sede da fazenda Itaocaia), corta o Jardim Atlântico, percorre a restinga de Maricá até a Barra, seguindo para Ponta Negra e Jaconé, adentrando no município de Saquarema.

A Fazenda Itaocaia (Séc. XVIII)- citada por Charles Darwin no diário da viagem em 1832- foi tombada em 2013 pelo município de Maricá, que também decretou sua desapropriação para abrigar equipamentos de gestão ambiental do município, bem como do Parque Estadual da Serra da Tiririca, conforme protocolo de intenções com o Instituto Estadual do Ambiente (INEA).

Além da gestão ambiental, a fazenda abrigará o Memorial Charles Darwin da Mata Atlântica, com potencial para atrair visitantes internacionais, bem como o turismo pedagógico, recebendo alunos para diversas atividades lúdicas e contemplativas em “day use”.

A fazenda abrigará ainda, instalações para suporte da atividade cicloturística, impulsionada na Rota após a inauguração do túnel Charitas-Cafubá, em Niterói.

DSC06865

Fotos: Paulo Polônio

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS