spot_img

Leia a nossa última edição

Secretaria de Obras conclui primeiro dos quatro redutores de velocidade na RJ-106

2018_04_26_Obra_RJ106-2551

Poucas horas depois de finalizar a primeira etapa da instalação do redutor de velocidade na altura do Km 22 da RJ-106 (sentido Niterói), a equipe da Secretaria de Obras retornou durante a madrugada desta quinta-feira (26/04) à entrada do Marine, em São José de Imbassaí, para iniciar a mesma intervenção na pista sentido Maricá. Homens e máquinas chegaram à estrada por volta das 3h30 já fazendo a marcação do espaço onde o asfalto seria aplicado. Na quarta-feira (25/04), o trabalho que havia começado pela manhã só terminou por volta das 22h com a sinalização vertical da faixa elevada.

O trânsito de veículos teve o fluxo desviado para o acostamento e, conforme o trabalho avançava, os orientadores de trânsito iam organizando a passagem dos carros. Não foi necessário bloquear as duas faixas na hora de maior movimento, ao contrário da primeira parte. Moradores e alunos do CAIC Elomir Silva, que fica ao lado do local das obras, já puderam utilizar a nova faixa de pedestres do sentido Niterói e também elogiaram a ação realizada no local.

“Isso sempre melhora para nós, principalmente para as crianças que estudam aqui na escola. Passei minha infância aqui no bairro e vi muitos atropelamentos”, contou a mediadora educacional Angélica Marins, de 36 anos, que estava a caminho do trabalho. O aposentado Luiz Carlos da Silva, de 70 anos, reforçou a importância do redutor. “Muita gente já morreu aqui, até crianças, é um importante trabalho”, afirmou ele.

De acordo com a manicure Sabrina Siqueira dos Santos, de 25 anos, que nasceu e mora até hoje em Parque São José, a nova passagem vai facilitar muito a travessia dos idosos. “Minha avó, por exemplo, tem problemas de locomoção e às vezes tem que atravessar correndo, fica difícil para ela. Agora acho que vai ficar bem melhor”, acredita ela, que levava para a escola o pequeno Roberto, de 4 anos.

Recém chegada com a família de São Gonçalo, onde morava, Maria das Graças Nascimento também levou o casal de netos para o CAIC Elomir Silva e disse que fica mais tranquilia para passar pelas pistas com eles. “Vim para cá há três meses e tinha medo de atravessar aqui, mas acho que agora vai melhorar muito”, projeta a dona de casa de 69 anos.

De acordo com a Secretaria de Obras, haverá ainda intervenções semelhantes em outros quatro pontos da rodovia. O próximo será na altura do quilômetro 17, em Inoã, onde moradores realizaram protestos nas últimas semanas em razão dos constantes atropelamentos no trecho. Também receberão redutores os quilômetros 13 (também em Inoã), 19 (em São José de Imbassaí) e 25 (no Parque Nanci).

A intervenção visa acabar com o número de acidentes no local e, segundo o secretário Renato Machado, só foi possível após a reunião entre a Prefeitura e o Departamento de Estrada e Rodagem (DER) ocorrida na terça-feira (24/04), na qual foi apresentado o plano do município para a estrada. O órgão estadual concedeu as autorizações necessárias. “O presidente do DER nos deu total autonomia para fazer o que quisermos durante essa gestão na RJ-106, inclusive colocar radares de velocidade para a aplicação de multas. Só temos que ver como fazer isso legalmente”, explicou Renato Machado, ressaltando que há planos também para a instalação de uma passarela no local.

2018_04_26_Obra_RJ106-2539

Fotos: Elsson Campos

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS