spot_img

Leia a nossa última edição

Festival Art & Bier movimenta Praça do Ferreirinha em Itaipuaçu

DSC_6171

A segunda edição do Festival Art & Bier, realizada entre os dias 6 a 8 de abril, na Praça do Ferreirinha, em Itaipuaçu, foi sucesso total, agitando o espaço com muita música com as bandas de rock “AMAKINA” e “RJ 106”, recreação infantil, food truck e cerveja artesanal.
Rubem de Souza, de 43 anos, morador do bairro Marques, prestigiou o evento, principalmente por causa da qualidade da cerveja oferecida. “Adoro participar desse tipo de encontro que nos permite conhecer vários tipos de cervejas artesanais. Agora, estou experimentando a American Red Ale, que é de puro malte e alta fermentação, e estou adorando. Confesso que virei fã desse tipo de evento que reúne bebida de qualidade, comida gostosa e muita segurança”, destacou.
Para a aposentada Glória Guerra, de 66 anos, a estrutura do evento foi o que mais a agradou. “É um evento que oferece opções para toda família. Estão de parabéns pela organização”. Já para a comerciante Sabrina Javarine, de 39 anos, é importante criar eventos que estimulem o comércio da região. “É sensacional ver o movimento de pessoas nesse espaço. E podemos notar que estão satisfeitas e felizes porque podemos trazer nossa família, beber nossa cervejinha, comer um hambúrguer gostoso. Tudo em paz”, declarou.
Para o proprietário da Cervejaria Artesanal São José do Imbassaí, Edison Carlos de Almeida Júnior, é imprescindível participar de eventos no município para propiciar aos maricaenses a oportunidade de conhecer os diversos estilos da cerveja artesanal. “Queremos estimular a cultura cervejeira que não significa beber mais, mas sim com qualidade. O público daqui ainda está conhecendo e apurando o paladar. Por isso, a maior parte de nossa venda é da cerveja padrão. Na dúvida, eles optam pelo que já estão acostumados”, destacou Edison, que já participou de eventos em Belo Horizonte e Piracicaba, dentre outros.
Para o proprietário, é importante para o consumidor conhecer a procedência do que está consumindo e se a empresa está de acordo com a questão ambiental. “Em nosso sistema de produção, nós não contaminamos o solo. Não vendemos sobras de cerveja. Temos a preocupação, por exemplo, de doar para criadores de gados”, destacou Edison que homenageou suas cervejas com nome das antigas estações de ferro, como Estação Maricá, Estacão São José de Imbassaí, Estação Calaboca, Estação Inoã e Estação Manuel Ribeiro.
Um dos sócios da cervejaria Barão Beer, de Nova Friburgo, Felipe Euller, falou sobre a importância de participar de eventos fora de seu município como forma de divulgar sua marca. “Fomos a primeira cervejaria a ser legalizada em Nova Friburgo e pretendemos fortalecer nossa marca e expandir para muitos outros locais. Por isso, é fundamental estarmos em eventos sérios como esse”, frisou.
Um dos organizadores do evento, Ezio Tavares, explicou que o festival está caindo no gosto do público maricaense. “Fizemos em março uma edição em Aracatiba e, graças a esse sucesso, estamos nesse fim de semana em Itaipuaçu e, já estamos agendando uma nova edição para o aniversário da cidade. Nossa intenção é cada vez mais agregar valor ao nosso evento criando espaços de arte, cultura, entretenimento e diversão para toda família”, concluiu.

DSC_6458

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS