spot_img

Leia a nossa última edição

Tiro com arco

Atletas conquistam medalhas em competição Sul-Americana

Maricá esteve muito bem representada nos Jogos Sul-Americanos realizados na cidade de Cochabamba, na Bolívia. Os atletas Ana Luiza Caetano, Ana Clara Machado, Lugui Cruz trouxeram medalhas para o Brasil. Ana Clara Machado, defende o clube de arqueiros da Íris de Maricá e trouxe a medalha de ouro por equipe e a medalha de prata na Categoria Individual. Já Ana Luiza Caetano conquistou a medalha de ouro e Lugui Cruz conquistou a medalha de prata, ambos por equipe.

WhatsApp Image 2018-06-06 at 14.09.12

Essa não é a primeira participação em uma competição internacional de Ana Clara. Atualmente com 18 anos, Ana começou com 9 anos, mas ficou parada por dois anos e voltou com 14 anos.”Minha primeira competição foi aos 14 anos no Chile um torneio de ranqueamento mundial. Fiquei em segundo lugar. No mesmo ano participei de outro torneio, na Argentina, de ranqueamento mundial e que valia vaga para a Olimpíada da Juventude de Nanjing (no ano seguinte), fiquei em primeiro no combate pelas vagas e consegui a vaga para a olimpíada da Juventude. Eu era infantil, mas estava participando como Cadete. No ano seguinte passei para categoria Cadete fui para a Olimpíada da Juventude e fiquei em 4° lugar, sendo a menina mais nova da competição. Ainda em 2014 fui campeã por equipe na Categoria Juvenil (uma a cima) no Pan Americano de tiro com arco na Argentina e consegui uma das vagas para os Jogos Pan Americanos nos combates individuais da Categoria Adulto. Em 2016 fui Campeã Sul americana da categoria cadete, vice-campeã Pan Americana da categoria cadete, fiquei em 2º lugar na categoria cadete no Arizona Cup e fiquei em 1º lugar no torneio de ranqueamento mundial na Guatemala na categoria cadete também”, relatou.

Já Ana Luiza Caetano, tem 15 anos e pratica tiro com arco a quatro. Nos jogos conquistou a medalha de ouro por equipe.” Comecei em 2017 nas competições internacionais. Participando entre outros campeonatos do mundial de base. Esse ano fiquei em primeiro lugar no rankiamento mundial da Guatemala, conquistando a vaga para a olimpíada de juventude que vai acontecer esse ano em Buenos Aires”, disse.

Lugui Barroso, de 20 anos, com viagem marcada para Salt Lake City, nos EUA, para mais uma etapa do Mundial, falou da importância de conquistar uma medalha nos jogos de Cochabamba. “É muito gratificante na vida do atleta. Estou no esporte há 8 anos e me recordo quando entrei no aqui e conheci o Tiro com Arco”,  recordou Lugui. “A base de tudo é o treinamento. Tem que ter garra e muita disposição para conseguir nossos objetivos e treinar cada vez mais”, aconselhou Lugui para crianças e adolescentes que desejam começar a praticar.

2018_06_13_Atletas_Tiro_com_Arco-9299

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS