spot_img

Leia a nossa última edição

Educação entrega certificados para alunos que concluíram o curso do Proerd

2018_07_04_Entrega_Certificados_PROERD-FABRICIO-0463

Cerca de 690 alunos da rede de ensino de Maricá participaram da cerimônia de entrega de certificados de conclusão do curso do Programa Educacional de Resistências às Drogas (Proerd), da Polícia Militar. A solenidade foi realizada no Complexo Esportivo Leonel de Moura Brizola, no Flamengo, e teve o objetivo de premiar os estudantes que se destacaram ao longo do curso, que aconteceu em parceria com a Secretaria de Educação.

No programa que tem 6 meses de duração, policiais instrutores abordaram em sala de aula questões sobre uso e abuso de drogas, violência e bullying, assuntos pertinentes principalmente aos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental (10 a 12 anos), idades em que estão entrando na adolescência e precisam de uma atenção especial. Ao final do curso os alunos tiveram que produzir uma redação sobre o que aprendeu durante as aulas.

Representando a Escola Joaquim Eugênio dos Santos, na Mumbuca, Uirá Lemos Antunes, de 10 anos, abordou o tema bullying e o método M.T.D.P (Modelo de Tomada de Decisão Proerd) e ganhou o prêmio por redigir uma das melhores redações entre os alunos de sua faixa etária. “Aprendi que nunca mais farei as coisas erradas que fazia e que só farei as coisas certas que aprendi com o Proerd. Que essa lição não sirva só para mim, mas para que outras crianças não façam mais nada de errado, e sim, façam o bem”, destacou o menino.

A professora Maria Ruth Oliveira do Vale foi prestigiar seu filho Bernardo, de 11 anos, e falou sobre a importância em ter programas como esses nas escolas. “A conscientização tem que começar de casa, mas tendo o complemento da escola é fundamental. Fazer com que as nossas crianças tenham essa percepção de ver que o melhor caminho é bem longe das drogas, isso é muito importante”, afirmou.

Participando da mesa composta por autoridades policiais e representantes do governo municipal, a secretária de Educação Adriana Costa, parabenizou todos os envolvidos pela execução do programa e pediu que o aprendizado fosse disseminado entre os amigos e familiares. “Que esse ensinamento fique para sempre guardado e que seja praticado o tempo todo, não só por vocês [alunos], mas que possam passar isso para a comunidade, para os pais e para todos os amigos que não puderam ainda participar de um projeto tão importante na vida”, discursou a secretária no microfone.

Professora de Língua Portuguesa e de Matemática da Escola Municipal Vereador João da Silva Bezerra, na Divineia, Michele Fonseca destacou a mudança no comportamento dos alunos em sala de aula a partir do início do programa. “O Proerd na escola foi de grande valia porque tinham muitos alunos rebeldes que ficaram disciplinados por causa do projeto. Alunos que têm carência afetiva se sentiram abraçados devido ao carinho dos instrutores do Proerd. Eles amaram”, comentou a professora.

Uma das instrutoras do programa em Maricá – são três no total – Alessandra Menezes, falou da satisfação de saber que o conteúdo passado foi compreendido pelos alunos. “Depois de algum tempo quando eu encontro com essas crianças, agora já adolescentes, eles conversam e falam sobre tudo o que foi aprendido na época do curso”, relatou o cabo da Polícia Militar, que é moradora de Maricá.

No final da cerimônia os alunos fizeram o juramento e cantaram a música do Proerd junto com Leão Daren, a mascote do programa. No ano passado 400 alunos participaram do projeto e, neste ano, o Proerd teve a adesão de quase 700 estudantes. A meta da Secretaria de Educação é alcançar o número de 1.000 jovens e adolescentes. A Secretária de Política Inclusivas, Sheila Pinto também compôs a mesa.

2018_07_04_Entrega_Certificados_PROERD-FABRICIO-8524

Fotos: Marcos Fabrício

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS