spot_img

Leia a nossa última edição

Blitz Educativa pela Semana do Trânsito no Centro

 

DSC_6517_1

A Coordenadoria de Educação para o Trânsito, vinculada à Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, realizou uma blitz educativa no último sábado (22/09), nos semáforos da Praça Orlando de Barros Pimentel (Centro), como parte das atividades que compõem a Semana Nacional do Trânsito. Acompanhados do boneco Simarito, que ilustra a Campanha Basta de Acidentes da secretaria, os agentes realizaram a distribuição de cartilhas e passatempos para adultos e crianças, que orientam sobre a necessidade de obediência às normas de trânsito, incluindo o uso do cinto de segurança.

Motoristas que não estavam usando foram convencidos pelos agentes e saíram do local com o equipamento em uso. Foi o caso de Cristian Caldas (25 anos) e Lindemberg Aires (43 anos). “Já foi provado que o cinto de segurança reduz acidentes fatais. Com isso melhora o salvamento de vidas”, disse Cristian. “Nós temos que nos prevenir desses acidentes que estão acontecendo sempre com muita gente inocente, jovem morrendo. A pessoa tem que estar interessada em andar certo na estrada, com cinto de segurança”, completou Lindemberg. Para Paulo Cardoso, 70 anos, morador de Itaipuaçu, uma campanha é pouco. “Tem que ter mil dessas. As pessoas não respeitam os sinais luminosos e nem as regras do trânsito, por isso acontece um monte de zebra e confusão”, disse.

Acompanhado da esposa e da filha, Jorge Pinto (59 anos) estava na cidade para conhecer o Orla Zé Garoto, inaugurada na última sexta-feira, 21/09. Todos usavam cinto de segurança. “Obedecer as leis do trânsito é segurança tanto pra gente que está no veículo quanto para o transeunte que está na rua. É uma preocupação que eu tenho. Realmente os governantes daqui estão de parabéns, sabendo como investir o dinheiro na cidade. Espero que sirva de exemplo para outras cidades”, declarou, antes de frisar: “Isso que é qualidade de vida”.

Taxista da cidade há 5 anos, Elias Marcos Pagani, 47 anos, morador de Jacaroá destacou que a conduta no trânsito deve ser respeitada por motoristas e pedestres. “Nenhum respeita o outro. Mas eu tenho certeza que essa prevenção vai ensinar pais e filhos para que consigamos um trânsito que funcione direito, com respeito e responsabilidade, que são coisas que nós não vemos hoje. Falta nas pessoas ter consciência do perigo que é um carro”, destacou.

Moradora do Centro, Elenise Costa (38 anos) passeava com o filho de bicicleta e parou para tirar fotos com o Simarito. “Essa campanha é muito importante, pois ensina as crianças desde cedo a respeitar os demais no trânsito, a atravessar na faixa de pedestre, a quando for motorista também respeitar o pedestre e o ciclista”, pontuou.

Motociclistas com a viseira aberta e ciclistas sem os equipamentos obrigatórios de segurança também foram alertados. Muitas dúvidas foram levantadas pelo grupo que utiliza bicicletas, como a aplicação de multas.

Coordenadora de Educação para o Trânsito, Raquel Lima adiantou que cartilhas para ciclistas serão distribuídas nesta terça-feira, dia 25/09, na concentração do evento Bike Night, realizado pela Secretaria de Esportes.

DSC_6589_1

Fotos: Elsson Campos

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

 

 

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS