spot_img

Leia a nossa última edição

Agentes do PROEIS participam de curso de habilitação e qualificação

2018_11_06_Encerramento_Curso_PROEIS-FABRICIO-5141

 

A coordenação do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) em Maricá reuniu cerca de 350 policiais militares no Cineteatro Henfil na segunda e terça-feira, dias 05 e 06/11, para participar do curso de Habilitação e Qualificação Profissional voltado para o programa. Na grade curricular estavam o funcionamento do sistema do PROEIS, o plano de segurança municipal, a Lei Orgânica de Maricá e informações sobre turismo na cidade. O objetivo é fazer com que os agentes que atuam no programa conheçam mais sobre Maricá, já que boa parte não mora na cidade.

Na abertura do último dia de curso, o secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito de Maricá, Celso de Almeida Netto, agradeceu aos policiais pela participação e reforçou a importância da qualificação. “É preciso que o policial que vai atuar aqui conheça a cidade e como ela funciona, de forma que ele saiba o que há de perigoso e que nós possamos devolvê-lo a sua família de forma íntegra. Se a cidade estiver segura o cidadão também estará, e o policial precisa de autonomia para agir. Recentemente implantamos uma nova modalidade de policiamento e já não registramos nenhum crime nas áreas abrangidas. Isso significa que estamos afugentando a bandidagem”, celebra Netto, afirmando que o PROEIS é hoje uma célula no corpo da segurança pública municipal e que a ideia é ministrar um novo curso a cada três meses.

O coordenador do programa, capitão Wladimir dos Santos, endossou as palavras do secretário. “Não houve crime onde atuamos, realmente. Este encontro serve para mostrar o comprometimento do grupo por um melhor serviço”, pontuou ele. Além de oficiais da Polícia Militar, uma das palestras foi também do subsecretário de Turismo, Welton Campelo, que falou sobre a atividade turística no município e pediu uma salva de palmas para os próprios policiais ao relembrar uma experiência familiar recente. “Na semana passada, minha irmã foi salva de um ataque de criminosos por agentes que foram alertados por um transeunte. Vocês têm uma importância fundamental em nossa sociedade”, exaltou.

Entre os participantes do curso havia policiais de batalhões e unidades de todo o estado do Rio. Um exemplo era o soldado Wellerson Esteves Oliveira, lotado no 3º BPM (Méier). “Mapear os locais onde atuamos é algo que nos ajuda bastante, principalmente para quem está conhecendo a região como eu”, avaliou o soldado, que mora em Mesquita (na Baixada Fluminense) e está de mudança para Itaipuaçu. A mesma avaliação foi feita pelo 3º sargento Anderson Porto, que é do 7º BPM (São Gonçalo). “O policial será sempre uma referência onde quer que ele esteja com sua farda, para atender a todo tipo de demanda. Por isso é importante a noção de localização”, disse ele.

Atualmente, o PROEIS conta com 120 agentes por dia em 18 viaturas e duas motos. No total, cerca de 500 policiais atuam no programa todos os meses. Implantado em 2017, o programa comemora nesta sexta-feira (09/11) seu primeiro ano de funcionamento também no Cineteatro Henfil, às 10h.

2018_11_06_Encerramento_Curso_PROEIS-FABRICIO-5130

Fotos: Marcos Fabrício

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS