spot_img

Leia a nossa última edição

“Expo Mães Amigas de Maricá” movimenta Araçatiba

2018_09_08_Expo_Maes-Aracatiba-KATITO-9338

A segunda edição da “Expo Mães Amigas de Maricá” movimentou a Praça Tiradentes, na orla de Araçatiba, no último fim de semana (08 e 09/11). Com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura, o evento, que contou com a participação de aproximadamente 80 expositoras, ofereceu ao público produtos de festa, maquiagem, artesanatos e alimentos, além de serviços estéticos, massagem, depilação, contação de história para as crianças, sorteios de brindes e shows de música.

Segundo funcionários da pasta e organizadores do evento, o grupo é composto por aproximadamente 200 mães que se reúnem todos os meses para a realização de algum tipo de atividade e o objetivo é que a partir de agora a “Expo Mães Amigas de Maricá” passe a acontecer bimestralmente em postos diferentes da cidade.

“Esse grupo das Mães Amigas de Maricá surgiu aqui em Araçatiba mesmo, durante um piquenique, no qual, identificamos um número grande de mulheres empreendedoras, não necessariamente artesãs, mas que ofereciam produtos e serviços e que precisavam de um espaço com estrutura adequada para poder expô-los”, explicou Lidiane Sousa, funcionária da Secretaria de Cultura e uma das coordenadoras da exposição.

Ainda segundo Lidiane, pela primeira vez, participaram da Expo Mães as alunas que fazem cursos ministrados no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) expondo seus trabalhos em feltro e de pinturas em tecidos.

Na avaliação da expositora Camila Duarte, de 32 anos, moradora de Itaipuaçu, o apoio da Prefeitura é fundamental para a realização do evento. “Faço parte de um grupo de empreendedoras, todas de Maricá, e temos um projeto de loja móvel itinerante, mas essa é a minha primeira vez na feira”, contou. “Antes não tínhamos muitas opções de espaços para expor, principalmente por conta dos valores altos dos aluguéis que nos impede, inclusive, de pensarmos na possibilidade de loja fixa. E, aqui, estamos em um local com segurança, eletricidade, enfim, uma estrutura excelente”, elogiou Camila.

A expositora Priscila Coelho, de 38 anos, que já tinha participado da primeira edição da Expo Mães, contou como o evento a ajudou a empreender além da feira. “Eu já tinha uma loja virtual há três anos e a partir da Expo surgiu a oportunidade de abrir uma loja física de artigos infantis”, afirmou. “Isso aqui é muito importante para nós e espero que se consolide, pois nos permite ficarmos próximas dos nossos filhos e ainda nos motiva a buscarmos um meio de renda. Diferentemente de mim muitas aqui ainda não tem uma loja própria e a Expo Mães com o apoio do governo municipal é essencial”, analisou Priscila.

Também expondo pela segunda vez a artesã Jocelia Costa Cardoso, de 57 anos, moradora da Mumbuca, disse que com o aumento da demanda até o marido foi convencido a trabalhar em seu atelier. “Estou muito feliz com o apoio. Eu estive durante muito tempo na minha zona de conforto, trabalhando em casa, mas com o aumento de clientes a partir da primeira edição da Expo fui obrigada a montar um atelier e hoje até o meu marido que já trabalhava com madeiras abraçou o meu projeto. Se dependesse de mim essa feira aqui podia ser mensal”, desejou Jocelia.

2018_09_08_Expo_Maes-Aracatiba-KATITO-9516

Fotos: Katito Carvalho

Maricá Já Play. A sua informação em apenas um click

Últimas Noticias

- Publicidade - spot_img

LEIA MAIS